O artista plástico, Raimundo Rodriguez, utiliza Tour Virtual para mostrar suas exposições

O artista plástico, Raimundo Rodriguez, utiliza Tour Virtual para mostrar suas exposições

Raimundo Rodriguez, nascido em Santa Quitéria, Ceará, é um artista plástico que possui singularidade em seus trabalhos. Suas criações dão uma nova dimensão a materiais reciclados.

Em sua galeria particular, Rodriguez vive como considera certo: não desperdiça nada – “A arte contemporânea é marcada pelo excesso. Eu detesto perdas. O que me interessa é transformar”.

Filho de carpinteiro, Raimundo mudou-se com os pais para a Baixada Fluminense. Nunca quis sair de lá e diz que “Nova Iguaçu é uma espécie de Nordeste fluminense.” Autor de belíssimas criações, seu trabalho apareceu ainda mais ao público através das novelas e minisséries da Globo, onde, como Diretor de Arte, assina projetos em cenografia e figurino.

Seus cenários puderam ser vistos em A Pedra do Reino, Hoje é Dia de Maria, Capitu e nas novelas Velho Chico e Meu Pedacinho de Chão, onde utilizou toneladas de latas recicladas e que deram origem a sua mostra Latifúndios.

“Tanto na vida como na arte, gosto de muito.” (Raimundo Rodriguez)

raimundo-rodriguez-meu-pedacinho-chao

Cenário da novela “Meu pedacinho de chão”

A Videopontocom foi conferir a exposição feita no Museu de Arte Contemporânea de Niterói, e em parceria com o Raimundo, montou um tour virtual que percorre todas as obras do artista.

Na opinião da produtora de arte e cultura, Marcia Zoé Ramos, “Raimundo Rodriguez tem ultrapassado o espaço expositivo estático de uma galeria de arte e vem incorporando suas obras às diversas produções onde encontra campo para aprofundamento de suas pesquisas”

A série Latifúndios começou a ser desenvolvida em 2000 e levou 14 anos até a sua exposição. São obras recortadas de latas e tinta, que compõem poemas para serem decifrados e recontados.

Segundo Luiz Guilherme Vergara, a atenção do Raimundo se desloca dos objetos que estão em uso e mergulha no ferro velho, rompendo com o ciclo de decomposição e abandono das latas e materiais usados. Assim, o artista devolve ao mundo a matéria largada na sombra do consumo transmutada em estado inaugural de matéria lúcida da arte.

Raimundo Rodriguez traduz a capacidade criativa desenvolvendo inúmeras linguagens, em suportes alternativos como pinturas, desenhos, objetos, “não-objetos”, assemblages/colagens, esculturas, entre outros. A grande inspiração do artista vem da arte popular brasileira, do neodadaísmo, do dadaísmo, do neorrealismo e pop art.

tour-virtual-latifundios-raimundo-rodriguez

Clique na imagem para ver a exposição Latifúndios, feita no MAC Niterói

#PapelariaTemTudo

Outra exposição fotografada pela Videopontocom foi a “Papelaria Tem Tudo”, abordando um conjunto de obras em papel que são fruto de uma compilação iniciada em 2007.

Colagens de fragmentos vivos encontrados em selos de cartas, fotografias, ingressos usados, folhas secas, páginas rasgadas, panfletos descartados, marcadores de livros, etc. que se assentam harmonicamente sobre uma superfície adesiva constituindo as obras na tensão permanente entre o figurativo, o abstrato e o gesto/conceito é parte do que pode ser visto nesse conjunto surpreendente de obras de dimensões médias e pequenas.

tour-virtual-papelaria-raimundo-rodriguez

A Sergio Gonçalves Galeria recebeu a mostra #PapelariaTemTudo. Clique e veja!

Multiverso

A mostra “Multiverso: nada que você já tenha visto antes” também virou um Tour Virtual. Nela, pequenos multiversos são resgatados e ressignificados. Entre eles estão o trevo da sorte, os latifúndios de papel, a fórmica e tecido, os lactofúndios de caixa de leite e a série “diapositivos” podem ser vistos na série.

tour-virtual-multiverso-raimundo-rodriguez

Veja o tour virtual da exposição Multiverso

As exposições terminaram, mas graças ao Tour Virtual você pode ver e rever sempre que quiser.


Categorias

Melhore sua presença no Google com um Tour Virtual 360º.